RECUPERAÇÃO. Patrocinense se recupera de péssimo jogo em Uberlândia com vitória convincente sobre o Coimbra

Técnico Thiago Lima mudou todo o meio campo do time e desabafou no final “estamos trocando os pneus com o carro em movimento”

Foto: Renato Oliveira|Dias News

 capxcoimbr

O momento do único gol do jogo: Giba comemorou, mas FMF deu para Breno(contra)


Da redação da Rede Hoje


 

Muito diferente do que faz na quarta-feira, 29, quando enfrentou e empatou com o Uberlândia, o Patrocinense, jogando no estádio Pedro Alves do Nascimento, na tarde deste domingo, 2, contra Coimbra de Contagem, venceu por 1 a zero – gol de Giba, que a FMF pontou com de Breno(conta).

 

Com a vitória, o CAP chegou aos 7 pontos e segue na briga pelo G4. O próximo compromisso do time grená será sábado, 8 de fevereiro contra o Tombense no Almeidão em Tombos.

 

O JOGO - O Clube Atlético Patrocinense jogou bem. Como mandante e impôs seu ritmo. Entrou em campo com mudanças em relação ao que começou no Parque do Sabiá: Alemão, Rodney e Giba. Com as alterações no meio campo, o time teve mais qualidade no setor e não houve tanta ligação direta como no jogo anterior.

 

Rodney entrou muito bem no jogo e Giba pressionou o adversário quase o tempo que esteve em campo. Mesmo mais discreto, Alemão compôs bem o meio.

 

GOL. O gol contra o Coimbra saiu aos 23 minutos do primeiro tempo, através de Giba, mas a arbitragem deu gol contra do zagueiro Breno que desviou o cruzamento do meia do grená. O time pressionou bastante o Coimbra no primeiro tempo.

 

SEGUNDA ETAPA. Na volta para o segundo tempo o Coimbra veio com tudo para cima da defesa do CAP que resistiu bem, mas passou maus momentos. Por volta de 25 minutos o Patrocinense voltou a reagir e ai pressionou o Coimbra muito. Só não saíram os gols porque o árbitro não marcou um pênalti claro sofrido por Pacato e também Paulo Renê – que entrou lugar de Giba e até se movimentou bem, teve boas chances – perdeu um gol cara a cara com o gol.

 

ANÁLISE. O time muito diferente do jogo em Uberlândia, quando empatou em zero a zero e talvez, tenha sido a melhor atuação do time, levando em consideração a qualidade do adversário. Conforme a Rede Hoje alertou, time do Coimbra tem muita qualidade, especialmente no meio, onde Thalis é o destaque. O arbitro Wanderson Alves de Souza foi o fato negativo do jogo, deixando o time grená nervoso, invertendo faltas, deixando de marcar pelo menos um pênalti claro e amarelou cinco jogadores do CAP: Alisson, Ian Barreto, Jaime, Alemão e Danielzinho. Há muito tempo não se vê arbitragem tão fraca no Pedro Alves.

 

BAIXA. A grande baixa no jogo foi o lateral direito Marcelo que vinha bem no jogo foi atingido e sofreu uma lesão no joelho direito e foi substituído por Danielzinho. Será avaliado nesta segunda pelo departamento médico do time, através do Dr Otávio Sia.

 

O técnico Thiago Oliveira desabafou: “esta semana ouvimos muita coisa sem sentido, parecia que brigávamos contra o rebaixamento. Jogamos contra uma grande equipe e ganhamos. Temos a melhor defesa do campeonato, com apenas um gol e estamos focados, fechados. Estamos trocado os pneus com o carro em movimento, começamos a pré temporada mais tarde”, disse. E com razão, esse trabalho precisa ser valorizado.

 

FICHA TÉCNICA

C.A.Patrocinense x Coimbra E.C. Ltda

CAP: Thiago Passos; Marcelo(Danielzinho), Felipe Gregori, Alisson e Ian Barreto; Davi, Alemão, Rodney e Giba(Pacato); Jayme e Rafael Gladiador(Paulo Renê). Técnico: Thiago Lima.

 

Coimbra: Glaycon; Alex Silva, Carciano, Breno Cézar e Lucas Hipólito; Thomas, Gustavo(Paranhos), Thalis; Bruno Rocha(Daniel Penha) e João Vitor(Thiago Maia). Técnico: Diogo Giacomini.

 

Arbitragem: Wanderson Alves de Souza; Auxiliares: Guilherme Dias Camilo e Marciano Pires de Lima


 


bella-forma-29012020 03